1° Paper na Science!

Os professores do PPGECB Deborah Faria e José Carlos Morante-Filho participaram da publicação de um artigo na revista Science deste dia 06 de dezembro. Em colaboração com cientistas de vários países eles analisaram se a sensibilidade das espécies a fragmentação de habitat, ou seja, a separação do habitat em diferentes fragmentos, poderia ser influenciada pela exposição histórica destas comunidades a distúrbios frequentes.


Usando um conjunto de dados global de 4489 espécies animais, o grupo mostrou que regiões com baixo histórico de incêndios, desmatamento, glaciação e furacões abrigam cerca de três vezes mais espécies sensíveis à fragmentação do que aquelas regiões que evoluíram sob tais distúrbios. Em particular, o número de espécies sensíveis aumentou 6 vezes em direção a baixas latitudes.


Isso revela, portanto, que ações para mitigar e evitar que remanescentes de floresta sejam cada vez mais quebrados em porções menores são particularmente mais importantes nas florestas tropicais, que além de abrigarem a maior biodiversidade do planeta estas florestas também são compostas em grande parte por espécies animais altamente sensíveis aos efeitos da fragmentação florestal. Os dados de aves disponibilizados pelos dois pesquisadores foram coletados com o apoio do CNPq e da FAPESB.



Leia o artigo na íntegra:

https://science.sciencemag.org/content/366/6470/1236/tab-pdf



0 visualização